Último Dia de SPFW!!!

Neste último dia de SPFW desfilaram Cavalera, André Lima, Téca por Helô Rocha, Fernanda Yamamoto, Amapô e Samuel Cirnansck!!!

A Cavalera tirou os fashionistas do prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera, e levou o público de seu desfile até o Ferro Velho Ciclo Aço, no bairro da Mooca, para mostrar sua coleção de verão 2013. A inspiração foi a cidade de Salvador, na Cidade Baixa, com seus azulejos envelhecidos, áreas deterioradas e ferrugens. As silhuetas amplas dominaram jaquetas e tops estruturados, com saias mais leves, mas que tinham certo volume garantido pelas ondulações nas barras. Esse volume funcionou como contraposição às bermudas do tipo ciclista, superjustas, presentes em muitos looks. O modelo mullet  apareceu em vestidos e saias. Tecidos leves, como seda, alguns mais estruturados, como a sarja, e até o jeans resinado receberam estampas que seguiam o clima underground: florais craquelados, colagens de fotos corroídas e azulejos antigos, tudo aliado a elementos como cruzes e pérolas.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

André Lima reuniu um mix de referências arte, psicodelia e grafismos para sua coleção de verão 2013. A cartela de cores intensa garantiu o show: tons de roxo, verde, vermelho e azul ganharam vida na leveza da organza de seda. Mas além dos vestidos de sonho, também investiu na alfaiataria, que surgiu como opção de looks mais reais. Assim, calças, macacões e camisas com drapeados dividiram espaço com as saias de comprimento mídi e longo, que tinham um perfume dos anos 1970, com leves babados nas barras. A estamparia apareceu com força e cada uma das peças carregava, pelo menos, duas estampas misturadas.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

Foi a partir de um lenço comprado durante uma viagem que Helô Rocha teve a ideia inicial para seu verão 2013. Pensando em viagens, a estilista acabou por buscar inspiração no livro Volta ao Mundo em 80 dias, de Julio Verne, e criou looks baseados no universo dos viajantes, perfeitos para mulheres que andam pelo mundo e garimpam peças ao redor do globo para montar o próprio armário. As estampas e acessórios nasceram desta proposta, com elementos de viagens, como bússolas, balões e bolsas em formato de cantil. No shape, formas estruturadas deram graça às cinturas marcadas e saias armadas, com pregas ou evasês. Camisas ganharam colarinho fechado com um broche de escoteiro. Uma série de tecidos finos e com leve transparência deram movimento a cocktail dresses, grande aposta da marca, com saias plissadas e assimetrias no modelo mullet.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

Fernanda Yamamoto se inspirou nas linhas e formas da geometria, partindo do quadrado, ela começou o desfile com uma série de looks que traziam a figura geométrica estampada. Dobraduras nos tecidos também puderam ser vistas logo de cara, formando muitas texturas. Inspirada pelo artista plástico Hélio Oiticica, Fernanda explorou ainda o shape quadriculado por meio de blocos, onde cada pequeno quadrado se ligava a outro, em vestidos de comprimento míni ou em tops. Plissados, transparência e assimetria também estavam entre as propostas. Na cartela de cores, o rosa, em suas mais diversas versões, do antigo ao choque, imperou, ao lado de pontos de amarelo, azul-royal e laranja.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

A Amapô criou um desfile irreverente cheio de peças extravagantes. Brincando com a temática “escolha seus ingredientes e monte seu drink”, a grife começou a apresentação com uma série de looks estampados com diferentes tipos de copos. Na passarela das estilistas, estampas multicoloridas e psicodélicas tiveram grande espaço. Surgiram vestidos assimétricos com babados mil e franjas de canutilhos. Nos ombros, maxidobraduras arredondadas, com efeito sanfona.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

Com direito a balanços presos por corda, gelo seco e passarela coberta por carpete, o desfile de Samuel Cirnansck encerrou a edição de verão 2013 do SPFW com um exército de ninfas. Começando com uma série de longos bege, o estilista mostrou bordados a perder de vista, reforçando sua veia delicada, detalhista, artesanal. Entre pedras e cristais, a pérola ganhou destaque e permeou quase todos os looks, em sua versão madrepérola também. Tules e rendas apareceram com força ao longo de toda a apresentação, que evolui para vestidos negros e nude-rosê, superfluidos.

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

ZE TAKAHASHI / FOTOSITE

Beijos!!!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s